Carregando...

Primeiras imagens da TV Manchete em 1983

Com o fim da Rede Tupi em 1980, o governo federal decidiu licitar duas novas redes de televisão. Todos sabemos que Silvio Santos ganhou uma das redes e imediatamente as colocou no ar. Mas pouca gente sabe que esse era o menor dos pacotes, formado por canais do Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Belém (PA) e Porto Alegre (RS).

Já o maior pacote, formado por emissoras do Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Recife (PE) e Fortaleza (CE) ficou com o Grupo Bloch.

Ao contrário do Grupo Silvio Santos, que já possuia o Centro de Televisão da Vila Guilherme e uma emissora funcionando plenamente (TVS Rio), os Bloch tiveram que construir toda a infra-estrutura do "zero".

Não havia estúdios, equipamentos, transmissores, antenas, artistas, diretores, funcionários...precisaram de 2 anos e US$ 50 milhões só para colocarem a rede no ar.

A construção da sede e as suas configurações certamente merecerá um capítulo a parte, nas próximas postagens. Por hora, é bom frizar que o novo prédio foi construído do lado da Editora Manchete, com o mesmo padrão, dando um resultado final de ampliação do prédio antigo.

O novo prédio era moderno, todos os equipamentos comprados colocavam a TV Manchete como a emissora com maior capacidade tecnológica da América do Sul. Em 1983, A TV Manchete era única emissora do hemisfério sul que possuia um departamento de computação gráfica (Manchete Computer Graphics).



Para se ter uma idéia do alto investimento no padrão técnico, em 1983, as câmeras (de estúdio) da Rede Globo eram, se não me engano, da marca Hitachi, já na época, fora de uso em muitos países, com uma média de 8 - 10 anos, ainda oriunda da colorização, já a TV Manchete possuia modernas Ikegami's, que somente no ano seguinte passaram a ser usadas pelas grandes emissoras européias e americanas, ou seja, a TV Manchete possuia equipamentos "de ponta".


Primeiras imagens da TV Manchete em 05/06/1983 as 19:02 horas

TV 7817684451523981469

Postar um comentário

  1. Conteúdo fantástico, parabéns Danilo pelo post, aguardo este capítulo à parte sobre a estrutura da sede e configuração da Rede.

    Abraços,

    Alef - Niterói/RJ

    ResponderExcluir
  2. Até hoje, toda vez que passo pelo Aterro do Flamengo, olho com nostalgia, para aquele imponente prédio, que ostentou o "M" , logotipo da Rede Manchete, na cobertura, lado direito. Como pode ser conferido na segunda foto acima. Que saudade...

    ResponderExcluir
  3. Excelente. Acho que eu assisti isso ao vivo.
    Nos dias anteriores, o canal 6 ficava exibindo uma vinheta (acho que a que aparece nos primeiros segundos)

    Agora é pena ter chegado aqui em "terceira mão". Alguém capturou o vídeo, outro botou uma marca d'água e um terceiro colocou outra marca d'água por cima. Seria interessante pesquisar alguma fonte mais "original".

    ResponderExcluir
  4. A BLOCH INVESTIU PESADO NO PROJETO DA MANCHETE, OCASIONANDO O INCHAÇO DAS CONTAS DO CONGLOMERADO DE EMPRESAS CONSTRUÍDO PELO IMIGRANTE UCRANIANO ERRADICADO NO PAÍS.

    A MANCHETE SOBREVIVEU DE SEQUENTES EMPRÉSTIMOS BANCÁRIOS, GERANDO UMA BOLA DE NEVE QUE SE ARRASTOU POR UM PERÍODO ATÉ A FALÊNCIA DESTA IMPORTANTE EMISSORA.

    ResponderExcluir
  5. Quem Vive em Minas Gerais e/ou no Rio Grande do Sul, Pede o Fim das Redes: Alterosa (Mineira) e RBS (Gaúcha) Para Que o SBT Lance Sua Cobertura em Belo Horizonte (MG) e a Rede Globo em Porto Alegre (RS).

    ResponderExcluir

ATENÇÃO:
» Comentários "Anônimos" não serão aceitos e posteriormente apagados. Identifique-se com nome válido!
» Não é permitido deixar links no campo "Nome". Se você quer, por exemplo, divulgar o endereço do seu blog, use o campo "URL".
» Xingamentos e ofensas diretas não são tolerados, isso se aplica para todos os participantes do site.
» Todos os comentários são de total responsabilidade de quem as publicou, não refletindo necessariamente a opinião dos administradores e colaboradores deste site.

emo-but-icon

Página inicial item

Comentários recentes

Postagens Populares