Carregando...

TV Digital : Saiba a diferença do LCD, LED, Plasma, 3D e 4K

Talvez você pense no seguinte, mas eu já tenho uma TV de LCD, LED ou Plasma e etc, mas ainda existe uma boa porcentagem da população que não faz noção da diferença entre eles e muitos nem se quer sabem que o Apagão Analógico está próximo.

Vamos por parte. Aqui no Brasil até medeados 2004 à 2007 à onda era ter uma TV de Tela Plana com entrada componentes, aquilo era uma coisa fenomenal para época, sem esquecer das famosas "TVs de tela grande" da época, no caso estamos falando da TVs de 29 Polegadas.

Já em 2004 chegava no Brasil, a TV de Plasma, custava entre 15 á 20 mil reais, simplesmente um luxo, sendo assim a primeira geração de televisores finos. Esse tipo TV usa o material plasma (o quarto estado da matéria, basicamente um gás em que os elétrons são dissociados dos núcleos atômicos) para produzir as imagens. Hoje em dia uma TV de Plasma não custa esse absurdo e chega a ter ser vantajoso ter uma TVs dessas por causa do preço, pois essas TVs geralmente são maiores e mais baratas e uma outra grande vantagens, é a alta taxa de renovação da imagem da tela (chegando a 600 Hz, unidade usada para designar a frequência de atualização da imagem), que permite a visualização mais natural de movimentos, e o alto nível de brilho e contraste, mas nenhum é perfeito, a TVs de Plasma tem uns probleminhas, pois geralmente consomem mais energia que todos os outros. Além disso, são as telas mais "sensíveis". Há o risco, por exemplo, de marcá-la em definitivo (o chamado efeito "burn-in") quando a imagem fica congelada durante muito tempo – algo cada vez menos comum com os modelos mais recentes. E é complicado encontrar um aparelho que seja Full HD (ou seja, que tenha a resolução máxima adotada como padrão) e não seja gigantesco (50 polegadas ou mais).

Após a implantação do sinal digital em 2007, surgiram as TVs de LCD que usam a mesma tecnologia da maioria dos monitores de computadores, que usa o cristal liquido para dar maior contraste, brilho e taxa de atualização de imagem e diferente das TVs de Plasma, as TVs de LCD consumem menos energia e não possuem o problema do "burn-in" e não têm limitações quanto ao tamanho da tela: é possível fabricar modelos menores com isso, dão mais flexibilidade de escolha ao consumidor.

Mas ela tem seus contras também , pois os principais pontos fracos dos LCDs são a baixa taxa de atualização da imagem e a dificuldade de imprimir maior brilho e contraste ao televisor, a despeito dos avanços em anos recentes.

Depois do LCD surgiu o LED, que tem um design mais sofisticado, contraste e brilho muito melhores que os do LCD convencional e baixo consumo de energia. As TVs de LED consiste basicamente numa tela LCD convencional "iluminada por trás" por LEDs (diodos de emissão de luz, na sigla inglesa). A tecnologia faz os outros televisores "finos" parecerem bem ''gordos'': os televisores LED têm espessura de cerca de 3 cm, para modelos com até 55 polegadas.


Agora vamos falar sobre a TV 3D, que é considerada por muitos o maior fracasso tecnológico dos últimos tempos, mas logo que ela surgiu no mercado, houve um furor para a compra deste aparelho, a imagem em terceira dimensão é realmente de impressionar. Além disso, a alta definição, combinada com uma tela grande, faz o telespectador se sentir realmente “dentro” do filme ou do programa de TV.
Mas essa é uma tecnologia que dá poucos sinais de um avanço. Primeiro, porque as TVs são mais caras do que os modelos tradicionais. Depois, porque existem poucos filmes em 3D disponíveis e é necessário ter um player específico para reproduzi-los, o que aumenta ainda mais a conta. E ainda têm os óculos, que tornam praticamente impossível assistir a TV 3D e fazer qualquer outra coisa ao mesmo tempo. Assim, as reproduções em terceira dimensão devem ficar bastante restritas às salas de cinema, onde as pessoas estão dispostas a manter atenção exclusiva na tela. É claro que assistir a jogos, corridas e outros eventos esportivos em três dimensões com os amigos pode ser bem legal. Mas, de novo, o difícil vai ser arranjar óculos para todo mundo. Por isso a TV 3D é considerada um fracasso total, tanto que emissora como a Rede TV, BBC e ESPN cancelaram suas produções em três dimensões.


E pra finalizar a novidade do momento é a TV 4K, também existe o 8K, até 16K, só que o olho humano só consegue perceber até 8k.
Mas desta vez, por enquanto vamos falar da TV 4K, ou UHD- Ultra High Definition, as outra TVs citada acima tem uma resolução Full HD,(1080i) dependendo do modelo, algumas ainda tem algumas TV com resolução de HD Ready, ou 720p (720i), mas estas TVs de 4K tem uma resolução de 2160p, totalizando 8.294.400 pixels no painel da TV. Ou seja, uma TV 4K tem exatamente quatro vezes mais pixels do que uma TV Full HD. Com isso, torna-se ainda mais difícil perceber os pontos formadores de imagem (pixels) na tela. Na prática, as imagens ficam mais nítidas, brilhantes e com melhor variação de cores. A imagem de uma pessoa, por exemplo, mesmo não sendo capturada de perto, mostra detalhes da pele, cabelos e roupa, difíceis de serem notados em uma TV com resolução comum. Em transmissões de partidas de futebol, até o gramado ganha em riqueza de detalhes. Apesar da expectativa dos fabricantes, a popularização dessa tecnologia é lenta. A reprodução de conteúdos em resolução 4K exige equipamentos específicos e caros, como câmeras, filmadoras e projetores. Por esse motivo, ainda existem poucos meios onde é possível visualizar imagens com esse nível de qualidade.

O preço desta TVs ainda é muito alto, é quase parecido com a TVs de Plasma em seu lançamento, uma TV de Ultra Definição custa em cerca de 10 mil reais, mas especialistas dizem que no futuro as TVs de 4K irão dominar o mercado tornando o FULL HD obsoleto, ultrapassado; eu acho isso meio dificil, pois não acho que o povo brasileiro tem condições de trocar os aparelho de TVs em tão pouco tempo e outra tem canais por ai que nem em SD transmitem direito, não tem nem HD, imagina se uma emissora transmitirá o 4K em menos de 20 anos!?

Ao meu ponto de vista não é muito lucro comprar um TVs 4k, hoje (Julho/2015), pois não existe nenhum lugar onde ele está disponivél, por exemplo, não tem ainda um canal que transmita em 4K, tá que durante a Copa do Mundo, a SporTV, transmitiu o jogos em 4K através da NET e somente os assinantes do pacote mais caros puderam apreciar. Ainda existem vídeos em 4K disponível no Youtube, mas um outro problema é a opção em armazenamento, pois 1 TB de HD não é suficiente para você ter alguns vídeos de 4K em seu PC ou HD Externo.


Mas você ainda tem a opção de usar de TVs de Tubo, sim ela ainda pode funcionar, basta você comprar um Conversor Digital e conectar sua na TV, estilo DVD, a imagem tem uma melhora significativa, mas o maximo de resolução é 480i e lembre de configurar seu conversor para 480i ou 480p, pois a TVs de Tubo não suportam uma qualidade maior de resolução, se estiver numa padrão errado, poderá forçar sua TV e até que ela queime.


E lembre-se, TV Digital é aberta e gratuita, eu sei que tem muitos lugares não tem acesso a TV Digital por diversos motivos, mas se for pra assinar uma TV por assinatura, que seja para você ter mais opções de canais, já que nem sempre na TV Aberta passa algo de interessante ou um programa ou algum tipo de esporte que você queira assistir e não para somente assistir Globo, Record, SBT e outros, lembrando também que SD não é HD, muitas operadoras de TV oferecem uma "imagem limpa" mas isso não ser em HD, ou alta definição, preze sempre pelo melhor.

Espero que este texto tenha te ajudado, alias este postagem foi baseada em noticias do TechTudo, Olhar Digital , UOL Tecnologia.

TVs do RJ

TVs do RJ 7581277777792300428

Postar um comentário

  1. Gostei muito da matéria sobre as diferenças entre tv's LCD,Plasma, LED, 3D e 4K. Isso foi de muita utilidade, pois estava pretendendo ter uma nova TV com 4K e 3D, simultâneamente, porém fiquei convencido sobre as limitações que o 3D criaria pela falta de óculos e pela dificuldade de executar outras tarefas enquanto assisto TV. Estou resolvido a ter uma TV curva com 4K, acho que será a mais adequada a minhas necessidades. Obrigado pelas informações. Luiz Mendonça - SP/SP.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da matéria sobre as diferenças entre tv's LCD,Plasma, LED, 3D e 4K. Isso foi de muita utilidade, pois estava pretendendo ter uma nova TV com 4K e 3D, simultâneamente, porém fiquei convencido sobre as limitações que o 3D criaria pela falta de óculos e pela dificuldade de executar outras tarefas enquanto assisto TV. Estou resolvido a ter uma TV curva com 4K, acho que será a mais adequada a minhas necessidades. Obrigado pelas informações. Luiz Mendonça - SP/SP.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mendonça, muito obrigado por gostar do post, continue sempre aqui conosco no TVs do RJ.

      Att: Wallace Lopes

      Excluir
  3. Ta legal muito bem explicado Mais mesmo assim eu quero uma SMART Tv 47"3D LG .
    Onde posso conseguir,Ficaria grato se me ajudase a conseguir uma. Abraço Hebert

    ResponderExcluir
  4. As TV'S de Plasma e Lcd precisam de conversores digitais??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Santos. Depende do ano de fabricação. Em geral, (se mão me engano) os modelos a partir de 2010 não precisam.
      Teve um modelo antigo da sharp (não sei o ano) que no controle nem havia opção de auto programação digital. Só consegui achar a opção no menu acionado num botão atrás do televisor!

      Excluir

ATENÇÃO:
» Comentários "Anônimos" não serão aceitos e posteriormente apagados. Identifique-se com nome válido!
» Não é permitido deixar links no campo "Nome". Se você quer, por exemplo, divulgar o endereço do seu blog, use o campo "URL".
» Xingamentos e ofensas diretas não são tolerados, isso se aplica para todos os participantes do site.
» Todos os comentários são de total responsabilidade de quem as publicou, não refletindo necessariamente a opinião dos administradores e colaboradores deste site.

emo-but-icon

Página inicial item

Comentários recentes

Postagens Populares