Carregando...

O vacilo das emissoras de TV em relação ao 1SEG


Muito se fala da TV Digital, das suas vantagens, qualidade de imagem melhor, sem imperfeições, sem chuviscos, imagens fantasmas e etc, porém o nosso padrão de TV Digital, que é o ISBD-TB. O sistema foi apresentado no dia 13 de novembro de 2005 pelo Ministro das Comunicações Hélio Costa. O sistema resultante desses estudos foi baseado no sistema ISDB-T, utilizado no Japão.

Outros países da América do Sul usam o ISBD-TB, do Brasil são eles o Peru, Argentina, Chile, Venezuela, Equador, Paraguai, Bolívia, Uruguai além da Costa Rica e Guatemala que ficam na América Central, não esquecendo também de Filipinas, em contra partida a Colômbia resolveu usar um padrão europeu conhecido como DVB-T em agosto de 2008.

Umas das vantagens que o nosso padrão oferece, coisa que nenhum lugar do mundo tem, é a multiprogramação e a mobilidade que permite aos telespectadores assistirem TV através de GPS e celulares e outros aparelhos que tenha a tecnologia 1 SEG, como tablet's por exemplo.

Um aparelho que tem a tecnologia 1Seg, tem resolução máxima de vídeo é de 320×240 pixels, com uma taxa de bits de vídeo variando entre 220 e 320 kbit por segundo. O áudio conforma o perfil HE-AAC, com uma taxa de bits entre 48 e 64 kbit por segundo, permitindo assim que você possa assistir TV dentro do ônibus, no carro, ou até mesmo caminhando pela rua.

Mas aqui no Brasil parece que isso não acontece muito na prática, talvez seja pela escassez de aparelhos com tecnologia 1 Seg, somente alguns aparelho possuem essa tecnologia entre eles o Motorola Moto E, Motorola RAZR D1, Sony Xperia E1, Positivo S460TV, além da linha de telefones da LG que desde do L35 passando pelo L40, L50 e L70 entre outros possuem este recursos.

Ideal TV com EPG em agosto de 2015
A tecnologia até funciona bem, mas existem emissoras aqui no Rio de Janeiro, como NGT, RIT, Top TV que não funciona no 1 Seg, não esquecendo da Ideal TV, que deixa o sinal 1 SEG há tanto tempo abandonado, que quando você faz uma pesquisa ainda aparece MTV, e tipo a MTV Brasil vai completar 2 anos fora do ar em outubro de 2015. A NGT, não consegue colocar um sinal no ar, a RIT tem o sinal fraco, que não te possibilita assistir a programação da emissora, a Ideal TV (antiga MTV Brasil) fica com essa tela de indisponível e creio que isso não é só no meu celular e sim no aparelhos de muita gente por ai.

Talvez estes canais não façam a mínima importância para você, caro leitor, mas são nesse mínimos detalhes que uma emissora conquista um público, ganha uma audiência a mais.

Sem fugir muito do assunto, em dezembro desde ano, vamos completar 8 anos de atividade de sinal digital e você ainda acredita que tem emissoras que ainda não tem o EPG (Guia de programação) disponiveis ao seus telespectadores, algumas até tem o EPG, mas não tem nada escrito, informações desencontradas. horários errados e etc. Em nenhum momento estamos querendo denegrir a imagem de uma emissora, até porque não é a nossa função fazer isso aqui, sabemos que tudo isso depende de uma verba financeira e investimentos da parte dos empresários que controlam as emissora de TV.

Mas como diria o jornalista Ricardo Feltrin do UOL...


Que fique aqui este relato para que os antropólogos no futuro quando forem pesquisar a história da internet, eles venha saber o que aconteceu de verdade. E que eles venha saber o que nós falamos, que nós discutiamos, para que assim haja uma história

Ricardo Feltrin, jornalista da coluna Ooops do portal UOL

Técnico 4173637746679418609

Postar um comentário

  1. Consigo sintonizar normalmente NGT e RIT no 1-SEG. As únicas que sintonizam, mas não funcionam, são TOP TV (quando estava no ar) e TV Ideal ( que para mim, aparece normalmente como "IDEAL TV 1seg". Glauco34

    ResponderExcluir
  2. Fora o alcance desse sinal 1-seg. Eu me surpreendi que o sinal da TV aparecida no 1-seg falhava em bairros da ZONA NORTE onde deveria pegar no "talo" como as principais ...

    ResponderExcluir
  3. O que eu realmente observo é que as emissoras não estão muito preocupadas em ampliar a área de cobertura do sinal digital e nem em melhorar o nível de sinal. Com o comércio farto de programações através de TVs por assinaturas isso fica evidente. Pacotes cada dia mais em conta com o dinheiro que cada um possa ter no bolso e pagar as mensalidades.
    Acho que se não houver uma exigência do cidadão em conjunto com os nossos legisladores, nada vai mudar. E um dia esse sinal digital só constará nos livros de história.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO:
» Comentários "Anônimos" não serão aceitos e posteriormente apagados. Identifique-se com nome válido!
» Não é permitido deixar links no campo "Nome". Se você quer, por exemplo, divulgar o endereço do seu blog, use o campo "URL".
» Xingamentos e ofensas diretas não são tolerados, isso se aplica para todos os participantes do site.
» Todos os comentários são de total responsabilidade de quem as publicou, não refletindo necessariamente a opinião dos administradores e colaboradores deste site.

emo-but-icon

Página inicial item

Comentários recentes

Postagens Populares