Carregando...

Explicando : Por que a Manchete não volta?



Dando continuidade a esta coluna chamada "Explicando", onde já falando sobre o Esporte Interativo e o Canal Futura, vamos falar hoje sobre a saudosa Rede Manchete.

As pessoas ainda insistem que a Rede Manchete irá voltar, tanto que no início da década de 2010, várias noticias deste tipo surgiram, porém nunca aconteceram.
E aí será que volta?


A Rede Manchete e o SBT são oriundas das concessões que era da a TV Excelsior que saiu do ar em 1970 e da Rede Tupi que foi extinta em 1980 pois o governo brasileiro da Era Militar cassou, por corrupção financeira e dívidas com a previdência social, a concessão de todos os canais da emissora pioneira. O então presidente João Figuereido anunciou a concessões destas emissoras, que eram 9 no total estavam a disposição. Em março de 1981, o governo federal anunciou os vencedores da licitação. O presidente João Figueiredo concedeu as concessões para Adolpho Bloch e Silvio Santos, sendo que quatro desta concessões ficaram com o Grupo Silvio Santos e as cinco restantes com o Grupo Bloch. Em 19 de agosto de 1981 o "Homem do Baú" o SBT. Porém o "Seu Adolpho" adiou está estreia da "Manchete" para 1983 para poder preparar o projeto da nova rede. Após investir US$ 50 milhões de dólares em instalações, equipamentos e enlatados e contratar 800 profissionais, surgiu em 5 de junho de 1983 a Rede Manchete de Televisão.


Para resumir a história, a Manchete passou várias crises financeiras durante a metades dos anos 90, mas foi depois do falecimento de Adolpho Bloch em 1995 que a emissora despencou de vez, até houve um reerguimento entre 1995 até 1997, porém em 1998 já demonstrava uma nova crise desta vez mais grave a novela Mandacaru que era uns dos principais produtos da casa, dava baixos lucros e os programas jornalísticos estavam desgastados e se já não bastasse a situação econômica do Brasil e mundo não era estável desde a crise asiática de outubro de 1997, com as taxas de juros em alta. As dívidas da emissora aumentavam cada vez mais à medida que não eram pagas. Chegando no dia 10 de maio de 1999 a Rede Manchete saiu do ar, para entrar a "TV!" que é um canal da TV Ômega, que em 15 de novembro de 1999 se chamaria Rede TV!

Mas a Rede Manchete, vai voltar?

Bom, só existe uma possiblidade da Manchete voltar. Pois depois de uma ação judicial, ficou decido que a "TV Pampa" que foi afiliada da Rede Manchete, Record e atualmente está com Rede TV! detém os direitos do nome "TV Manchete", "Rede Manchete" e "Rede Manchete TV" só que eles na TV Pampa, não sabem o que fazer o este nome que tem tanto impacto. Em um matéria publicada no site Observatório da Imprensa, Elmo Francfort que é o escritor do livro "Rede Manchete - Aconteceu, virou história" disse

 "Toda marca tem uma história e carrega em si um nome, uma tradição, fatores e estereótipos. Só que não é fácil. Mais difícil do que voltar a TV Tupi é voltar com o nome Manchete. Principalmente porque ainda está muito viva, presente na memória dos profissionais que hoje têm o poder de decisão, que movimentam o mercado. Voltar com a Manchete sem ter uma qualidade – em todos os sentidos, desde conteúdo à qualidade gráfica – é dar um tiro no pé. Ela ainda é uma grife. Para voltar com a Manchete é necessário ser Manchete filosoficamente. O Marcos Dvoskin, atual dono da revista Manchete, disse em entrevista para o livro sobre o cuidado que tem com a volta periódica da revista. Ele acha que tem mercado, mas que é necessário oferecer um produto de qualidade sempre, sem decair. "

E o Elmo Francfort, tem toda razão. Se a Manchete voltasse hoje pra ser uma emissora que arrenda horários, com programas de baixa qualidade, sujaria o nome de uma emissora que tem história tão grande, tão bonita, tão impactante e voltar pra uma emissora qualquer, acabaria sujando toda essa marca que a Manchete criou. A não ser que um empresário com pulso firme venha e invista de verdade nesta possível volta, mas infelizmente o que nos resta são lembranças armazenadas em foto, fitas VHS, no Youtube e também na mente daqueles que tiveram o privilégio de poder assistir esta emissora fenomenal chamada Rede Manchete. Também nos restam as homenagens com livros, documentários, vinhetas produzidas por fã e conteúdos remasterizado. Porém nunca iremos perdemos a esperança de que uma emissora, estilo Manchete, ou a própria volte, mas por enquanto, ela não vai voltar, por enquanto.

Curta nossa fanpage no Facebook
facebook.com/tvsdorj ou digite TVs do RJ
ou nos siga no Twitter @TVsdoRJ

Opinião 4009482585346842078

Postar um comentário

  1. amigo vc investigou esse site do live up q diz q canal união vai transmitir esporte interativo em volta redonda ???
    e a gazera tb ???
    veja o link http://lineup.tv.br/cidade.php?idC=428

    ResponderExcluir
  2. Falta mercado no RJ. Isso é antigo. Hoje foi anunciado o fim do Esporte Interativo.
    O RJ precisa de uma Emissora Carioca como era a Manchete. Mas para isso é preciso comércio e indústria forte e um novo empreendedor de verdade.

    ResponderExcluir
  3. Quem ajudou a acabar com a manchete também foi o bispo Macedo e a rede record, a tv manchete foi a primeira emissora a denunciar as falcatruas da igreja universal, e quando a emissora entrou em seu periodo de crise(1997 à 1999), edir macedo e sua cambada resolveram comprar emissoras que eram afiliadas a manchete e colocar a programação horrenda da record nos canais. Eu sinto falta da manchete porque ela queria usar seu dinheiro pra fazer uma boa programação pros brasileiros, hoje a TV está insuportável e quase tudo graças a record e seu proprietário.

    ResponderExcluir
  4. Quem ajudou a acabar com a manchete também foi o bispo Macedo e a rede record, a tv manchete foi a primeira emissora a denunciar as falcatruas da igreja universal, e quando a emissora entrou em seu periodo de crise(1997 à 1999), edir macedo e sua cambada resolveram comprar emissoras que eram afiliadas a manchete e colocar a programação horrenda da record nos canais. Eu sinto falta da manchete porque ela queria usar seu dinheiro pra fazer uma boa programação pros brasileiros, hoje a TV está insuportável e quase tudo graças a record e seu proprietário.

    ResponderExcluir
  5. Em 1997 a Manchete começou a perder afiliadas para a Record, como a TV Vitoria/ES. A Manchete se mantinha graças a Bloch Editores com a Revista Manchete. A Record cresceu graças ao dízimo dos fiéis da Universal. Penso que não adianta sonhar com uma volta da Manchete. O que eu imagino que deveria ser feito seria um projeto que se auto sustente de médio a longo prazo para o Rio voltar a ter uma Emissora representativa da cultura local. Penso que a criacao de uma Rede Regional abrangendo o Estado seria o primeiro passo. Talvez através da Igreja Católica que já possui 3 emissoras em SP. Se a arquidiocese do Rio tentasse uma concessão de TV para Rio e Região Metropolitana seria genial. Eles possuem uma pequena web tv. A web tv Redentor. Se juntasse a arquidiocese do Rio, as arquidioceses do interior, a PUC e os clubes de futebol do RJ talvez tivéssemos aí a saída para a mídia carioca e fluminense.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO:
» Comentários "Anônimos" não serão aceitos e posteriormente apagados. Identifique-se com nome válido!
» Não é permitido deixar links no campo "Nome". Se você quer, por exemplo, divulgar o endereço do seu blog, use o campo "URL".
» Xingamentos e ofensas diretas não são tolerados, isso se aplica para todos os participantes do site.
» Todos os comentários são de total responsabilidade de quem as publicou, não refletindo necessariamente a opinião dos administradores e colaboradores deste site.

emo-but-icon

Página inicial item

Comentários recentes

Postagens Populares